(11) 4798-4545 (11) 94028-8885

Roubo de carga em SP aumenta: dicas para se proteger

‍O roubo de carga em SP aumentou entre janeiro e agosto de 2021. Nesse período, foram registrados 4.131 crimes em todo o estado. Para se ter uma ideia, o crescimento foi de 4,71% se for comparado com o mesmo período de 2020, de acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo.

Do total de registros, 1.909 crimes foram na Capital, o que corresponde a 46,21% das ocorrências. 

Já na região metropolitana, foram registrados 1.273 dos roubos e furtos, em 39 cidades, representando 30,82% das ocorrências. No interior do Estado, houve 949 ocorrências, sendo um total de 22,97%. 

Ações da polícia são intensificadas contra roubo de cargas em SP

O assessor de segurança da NTC&Logística, Paulo Roberto de Souza, explica que quando ocorre esse tipo de crime de forma regular em uma determinada área, a polícia tem o hábito de intensificar as ações naquele espaço. Naturalmente, os bandidos buscam outros locais para praticar o roubo de carga. 

No entanto, em virtude do número alto de ocorrências, especialmente nas estradas que estão próximas às cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, a polícia melhorou as ações nessas regiões. Dessa forma, de acordo com o assessor, não houve muitas alternativas para os responsáveis por esse tipo de crime. 

Cidades mais roubadas em São Paulo 

Um levantamento da FECAP (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado) mostra que as cidades de Cubatão, Cajamar, Itaquaquecetuba, Osasco, São Bernardo do Campo e Embu das Artes cresceram no ranking de roubo de carga em São Paulo.

Porém, as primeiras posições da lista são ocupadas por São Paulo, Guarulhos e Jundiaí. As duas últimas regiões contêm várias empresas de transporte e centros de distribuição de mercadorias. 

O coordenador do estudo professor do Departamento de Pesquisas em Economia do Crime (FECAP), Erivaldo Costa Vieira, acredita que o aumento dos casos ocorreu, especialmente, pela volta da economia do setor de transportes, serviços auxiliares aos transportes e correios.

Roubo de cargas em SP: quais são os principais alvos de criminosos? 

O World Sat do Brasil, empresa referência em rastreamento, descobriu quais são os tipos de cargas preferidas quando o assunto é roubo de caminhão.

  • Produtos alimentícios;
  • Combustíveis;
  • Têxteis;
  • Eletrônicos;
  • Bebidas;
  • Cigarros;
  • Defensivos agrícolas;
  • Itens farmacêuticos. 

Roubo de carga em SP em janeiro de 2022 

A situação do roubo de carga em 2021/22 mudou na virada do ano? Não!

Dados do Registro Digital de Ocorrências (RDO) mostram que o roubo de carga em SP é o quinto tipo de crime mais comum em nosso país, com 2,46% dos casos.  

A primeira posição do ranking é a transeunte (24,23%), seguidos por de veículo (12,71%), estabelecimento comercial (3,76%) e interior de veículo (3,37%). 

Em Campinas (SP), a polícia rodoviária da cidade identificou, na Rodovia Governador Adhemar Pereira de Barros (SP-340), um caminhão com herbicidas roubados de uma carreta abandonada na Rodovia Luiz de Queiroz (SP-304), em Santa Bárbara d’Oeste. 

O crime, que ocorreu no início de fevereiro de 2022, foi praticado por cinco homens. Quatro criminosos foram presos na SP-304 e um em Campinas, de acordo com o G1. A abordagem ao motorista foi feita na Rodovia Anhanguera (SP-330), em Limeira (SP). 

O que fazer em caso de roubo de carga em SP? 

De acordo com o Sindicato das Empresas de Transportes de Carga de São Paulo e Região (SETCESP), o motorista deve: “ligar imediatamente para o telefone 190 da área do sinistro e, também, para a Gerenciadora de Riscos contratada pela empresa (quando houver)”. 

Isso é importante porque, em até 30 minutos, o Sistema Operacional da Polícia Militar (SIOPM) informa para todas as unidades do COPOM do estado sobre o crime. 

A transmissão, que é feita por meio do rádio ou tablete, orienta às viaturas para que elas tentem identificar os criminosos com agilidade. 

O próximo passo é ir até ao Distrito Policial para fazer o registro do Boletim de Ocorrência (BO). Trata-se de um documento que comprova de forma oficial o sinistro. Ele também pode ser utilizado em casos de procedimentos legais, como pedido de indenização de seguro.  

Por fim, e não menos importante, você deve comunicar a ocorrência para a Assessoria de Segurança do SETCESP. 

Apesar de não ser obrigatória, esse tipo de comportamento é muito importante. Isso porque, quando a assessoria é acionada, ela comunicará o crime para os seus contatos policiais não só na região, mas também em outros estados. 

Como impedir roubo de carga? 

Polícia Militar do Estado de São Paulo mostra algumas dicas para que os motoristas não sejam vítimas do roubo de carga no estado. 

  • Não dê carona;
  • Evite contratar chapas desconhecidos;
  • Não pare em locais isolados e mal iluminados para prestar auxílio a mulheres, crianças ou pessoas acidentadas – chame a polícia rodoviária;
  • Não reaja durante assaltos;
  • Não deixe seu veículo aberto, mesmo por poucos instantes;
  • Não revele a estranhos a natureza ou o valor de sua carga, seu trajeto
  • ou seu destino;
  • Não estacione no acostamento para dormir – procure um posto de serviço;
  • Não deixe de examinar as partes vitais de seu veículo, após uma parada regular – alguém pode tentar sabotar seu caminhão;
  • Evite viajar armado. Dificilmente você poderá defender-se de um ataque surpresa, principalmente com o veículo em movimento. Se decidir fazê-lo, esconda sua arma em local seguro e de difícil acesso;

Fonte: reprodução Secretaria da Segurança Pública

Tecnologia é proteção em roubo de carga 

O WOLD SAT DO BRASIL, é uma solução que oferece mais segurança para veículos pesados e o transporte de carga. Veja abaixo quais são os diferenciais desta tecnologia.

  • Acompanhamento do veículo via plataforma web;
  • Posicionamento no mapa;
  • Controle logístico;
  • 02 dispositivos: Segurança em dobro para seu caminhão;
  • Alertas antijammer.

Presente no mercado desde 2007, a World Sat do Brasil é uma empresa legitimamente brasileira, do setor de segurança, que oferece soluções em rastreamento via satélite, que agregam segurança e logística.

A World Sat disponibiliza sistemas de rastreamento e monitoramento de veículos e bens, 24 horas por dia pela Internet, com acesso ilimitado e global, em qualquer lugar do mundo, por meio de smartphones, tablets ou computadores.

Sua estrutura é capaz de atender todo o território brasileiro e diversos segmentos: desde um proprietário de um único veículo até frotas de indústrias ou multinacionais. A matriz, instalada em Mogi das Cruzes, na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), conta com edifício próprio, equipado com sala de apresentação, sala de treinamento e os departamentos: comercial, administrativo, técnico, suporte e Central 0800 de Emergência 24 horas. A empresa é provida de profissionais de extrema confiança, altamente qualificados e especializados para oferecer um atendimento voltado à satisfação do cliente e à excelência do serviço prestado.

Os rastreadores oferecidos pela World Sat são os mais compactos e com a tecnologia mais avançada do mercado. A alta tecnologia do produto, aliado à instalação oculta e ao pronto atendimento, faz a empresa obter, constantemente, máxima pontuação no mercado em resultados de recuperação de veículos roubados ou furtados. Sucesso comprovado em nosso extenso portfólio de veículos recuperados e em várias matérias veiculadas na imprensa.

As tecnologias do Grupo Tracker já impediram um cliente de ter um prejuízo de cerca de R$ 1 milhão, em um mesmo dia. Ele registrou duas ocorrências no interior de São Paulo e a outra foi no Paraná. 

O sinal de jammer foi identificado pelo Comando de Operações, próximo a um caminhão Scania, na rodovia Dutra, altura de Pindamonhangaba (SP). 

Depois de poucas horas, a mesma tecnologia identificou o sinal de outro jammer. Nesse caso, na rodovia Dom Pedro I, altura de Jarinu (SP). Nas duas regiões, a polícia ajudou na recuperação dos automóveis. 

Já a terceira ocorrência foi em Curitiba. O mais interessante é que o caso ocorreu menos de duas horas depois. O veículo, que contém o sistema Tracker Log (dois rastreadores integrados – um com a tecnologia GPS e o outro com a tecnologia de Radiofrequência), também foi recuperado pela polícia. 

Newsletter

Receba Notícias, Conteúdos e Novidades da World Sat.

Chat online | Posso ajudar?